domingo, 7 de dezembro de 2008

SOS VAZIO OCO

Então, tinha que postar dois dias atrás, mas... não consegui.
Não, não tenho desculpas, não vou inventar nenhuma - nem mesmo consigo pensar em uma plausível.
Agora, sentada em frente ao pc, Paula matando Buruga de cócegas aqui atrás, pior ainda.
Nenhuma idéia.
Vazio.
Oco.
Socorro!!!
E me veio a idéia do título deste post... e lembrei do livro que comecei a ler, e não terminei, e tive que devolver à biblioteca porque o tempo venceu, chamado "O Ofício de Escritor". Será que todo mundo que gosta de escrever tem esses vazios abissais em sua mente às vezes?
Paulinha e Buruga não param, nem adianta tentar divagar mais... meu cerébro tá embotado.
Então, por hoje, chega.
:)
Ops!!!! Canção na memória agora, canção do momento!!!
:)
:)
:)
"Amanhã será um lindo dia da mais louca alegria..."
:)
:)
:)
Matheus, meu bebê (tá, tudo bem, dispenso comentários sobre isto) chega. Amanhã. Em menos de vinte e quatro horas vou estar com dois filhos ao meu lado, não é máximo? A apoteose total e absoluta se dará na próxima segunda, de amanhã a oito dias: Paula, Maya, Matheus. Todomundojuntoreunido!!!
:)
:)
:)
Nessas horas tenho certeza de que a vida vale muito a pena.

2 comentários:

Paulinha Fernandes disse...

nem me fale. nem me fale!
contando os segundos pra chegada do matheus... e os dias (aindaaa!!!) pra da maya...
oxi, essa saudade é muito chata!

Michele Matos disse...

Vazio, oco...às vezes dá um medo do meu cérebro parar e nada mais trazer inspiração...
bjus

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...