quinta-feira, 23 de outubro de 2008

Sobre crescer e aprender...


Hoje não é um dia produtivo. É, sim, dia de postar. Mas não sei se por ser o primeiro dia depois da greve, por ter saído depois das nove do banco, por todas as mudanças ocorridas hoje na rotina do trabalho, se por estar me sentindo cansada, se por estar desanimada, se... sei lá. Sei que fiquei aqui um tempo, e nada. Sem pensamentos nem palavras novos, ou mesmo velhos, reagrupados sob nova forma... nada. Aí fui buscar algo que escrevi há muito tempo, e que traduz, pra mim, a alegria de ser amiga, cúmplice e companheira. Tem sido muito bons os meus dias nesta terra de umidade, mofo, cravo e coentro, apesar de tudo.


01/07/2006
Onde você menos espera, existem lições esperando pra ser aprendidas. Quando você nem imagina, existem fatos pra voce tomar conhecimento, entender, aceitar, crescer, aprender.
E assim é a vida - não adianta argumentar, contra argumentar, discutir. Há um caminho, e cada um tem seu tempo e sua direção, e é preciso compreender e seguir seu próprio caminho, e respeitar o caminho do outro, e seguir junto, e ajudar se preciso, mas nunca, nunca, invadir.
Necessário saber que a vida é assim, as pessoas são assim... "não apresse o rio, ele corre sozinho"... e não adianta também querer represá-lo... é importante respeitar a natureza e sua sabedoria...
E tão importante quanto, é trabalhar dentro da gente a vontade de mudar o imutável; o desejo de proteger aquilo que é forte e não precisa de proteção; a sensação de impotência diante das coisas do mundo que às vezes nos invade...
Ontem cresci um pouco mais. E descobri que, por mais que a gente não se sinta preparada pra alguma coisa, a gente sempre está. E reafirmei minha crença de que esse é o ciclo mágico da vida, e a gente só pode ser feliz se respeitar este ciclo universal, e cada elo que o compõe. Crescer, às vezes, dói - e pensei que esta lição seria dolorida, mas não foi.
E estou feliz - por perceber que o universo segue seu caminho, e que no que importa, faço parte.Sou grata por isto.

"Deixa nascer o amor
Deixa fluir o amor
Deixa crescer o amor
Deixa viver o amor"
(Beto Guedes, O Sal da Terra)

3 comentários:

Paulinha Fernandes disse...

Opa!
Esse é pra mim, eu sei!!!
Hehehe!
E também agradeço por, mesmo em meio ao cravo, à poça na frente de casa e ao coentro, poder ter a senhora por perto!
E fazer parte do que é importante, mainha!
Te amo!

Maya disse...

Hum. É bom perceber que, no final das contas, vocês continuam vivas - e felizes. É bom perceber que essa parceria deu certo.
:]

Dom disse...

Dom Quixote
( www.ventoonde.blogspot.com ):

A vida nos ensina muitas coiasas.
Pessoas vem e vão. Amores as vezes passam e doem. A amizade verdadeira fica e a internet eterniza e amplia nossos sentimentos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...