segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010

E você, por que não se mataria?

Volta do almoço, paramos, eu e Lucas, meu amigo, para tomar um sorvete na padaria.
- Paula, por que você não se mataria?
Cara de espanto. A pergunta não tinha absolutamente nada relacionado com a conversa.
- Ué, porque eu gosto da minha vida...
- Ah, não, sem clichês. Por que?
- Meu, porque eu tenho medo de morrer. Porque eu quero viver mais de 100 anos e não tenho porque acabar com ela antes. E porque eu gosto da minha vida, ora bolas.
- Tá, mas sem o usual, por que você não se mataria?
- Lucas, por um monte de coisas. Que coisa!
- Eu não me mataria por sorvete, por exemplo. Se eu morresse eu não ia mais poder sentir o gosto de sorvete. E é tão bom!
...
Ok, Lucas, eu concordo!

3 comentários:

Graci Polak disse...

Ah... Eu também não me mataria só pelo sorvete, hehe...

Sábio Lucas!

Teste disse...

Veja, tinha sentido sim, sorvete é muito bom, tão bom que vale a pena viver só para tomar sorvete.

Mas tmb tem o Pink Floyd tmb, Seinfield, Simpsons, Capuccino, Churrasco, etc... etc...

Camila Rufine disse...

Um motivo mais que justo pra se continuar vivo. É a única comida que realmente gosto aqui nos estranja.
=*

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...